Não tem como falar dos morros do Borel, Casa Branca e Chácara do Céu sem antes explicar um pouco da triste história recente dessas três comunidades. Uma época de guerra entre diferentes facções criminosas, anos de terror, noites em claro e incertezas para os moradores que vivem nessas três comunidades. Estou explicando isso para vocês entenderem a importância da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) nesta região. Para se ter uma ideia, moradores do Borel não falavam com quem vivia na Casa Branca. Com medo de retaliação, quem vivia na Casa Branca fazia a mesma coisa. A Chácara do Céu era o cenário dessa guerra.

(Clique aqui para ver fotos incríveis e uma entrevista com o comandante da UPP)Localizada entre os dois morros vizinhos que viviam em guerra, a comunidade servia de palco para os confrontos entre os bandidos de facções rivais. Mas isso tudo ficou para trás. Depois da chegada da unidade pacificadora as coisas começam a voltar ao normal. Agora os moradores querem mostrar o que existe de bom. E o que não falta é coisa para fazer.

Vou dividir o texto em três para facilitar o entendimento. Primeiro vamos falar sobre o Morro do Borel. O acesso é bem fácil. A comunidade só tem uma rua principal, a Estrada da Independência. Para chegar até ela basta subir a Rua São Miguel, na Usina, região da grande Tijuca. Aliás, alguns eventos da comunidade acontecem nessa rua mesmo. Quando a festa reúne uma grande quantidade de moradores, a rua é fechada e os bares ficam bem cheios. Também na Rua São Miguel está a antiga quadra da escola de samba Unidos da Tijuca. A escola não faz mais ensaios na comunidade – mudou-se para uma área no Centro – e a quadra está sendo utilizada como sala de aula para alguns cursos dos moradores.

Quando tomar a decisão de subir a Estrada da Independência é melhor pegar o carro. A ladeira é muito íngreme e bem cansativa. Logo no começo da subida já existe a Praça da Bíblia, um lugar bem legal e com uma quadra onde os moradores costumam ficar reunidos para jogar futebol na quadra. Depois é melhor entrar no carro de novo porque será preciso subir mais um pouco até o largo onde fica a ONG Jovens com uma Missão (Jocum). Vale separar um tempinho a mais para conhecer os projetos, como a creche, a aula de música e muito mais.

A ladeira continua até chegar no topo da comunidade, onde fica a comunidade conhecida como Chácara do Céu, a segunda parte do nosso texto. No local seria legal conhecer a sede da unidade pacificadora, que foi inaugurada em 7 de junho de 2010. É só procurar o capitão Bruno Amaral, comandante de uma tropa com 400 policiais militares, que estão responsáveis ainda pelas localidades da Indiana, Cruz e Catrambi. Também no alto da comunidade fica o campo de futebol, que está sempre ocupado. Quando a bola não está rolando, são as crianças que assumem o lugar para soltar pipa. Se estiver com disposição, converse com um dos moradores e pergunte o caminho para chegar no cruzeiro. É uma subida leve, dá para fazer. Pode ter certeza de que vai valer à pena. Lá de cima a vista é incrível.

Chegou a hora de descer e da terceira parte do nosso texto, a comunidade Casa Branca. O morro é pequeno, então vamos direto ao que interessa. Tudo acontece ho largo onde estão a creche, o posto de saúde e agora uma outra sede da UPP. É ali que os moradores se encontram. Entrando um pouco você vai chegar no campo de futebol, que também é muito legal. Ele fica “no meio” de uma grande pedra e está novinho, com grama sintética e iluminação. Ao lado do campo ficam alguns quiosques onde o pessoal se reúne nos fins de semana. O acesso para a Casa Branca também pode ser feito de carro pela Rua São Miguel, mas em uma entrada anterior à que leva ao Borel.

Lendo o texto deu para perceber como as comunidades são próxima e interligadas. Imagine agora como era nos dias de guerra? Então, com a pacificação, aproveite para conhecer essas três comunidades. O passeio é bem legal.

Dicas

Como chegar: Borel (Subindo a Estrada da Independência pela Rua São Miguel), Casa Branca (acesso também pela Rua São Miguel) e Chácara do Céu (pode escolher qualquer um dos dois caminhos).Pontos de interesse:

  • Quadra da Unidos da Tijuca, Projeto Jocum, Cruzeiro, campo da Casa Branca.
  • Número de moradores: 50 mil
  • Inauguração da UPP: 07 de junho de 2010
  • Total de policiais: 400

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui